Mapa Mental Grátis!

Mapa Mental Grátis!

17 Dicas estratégicas de como ser um empreendedor de sucesso.

Não enviamos spam. Seu e-mail está 100% seguro!

Como abrir uma microempresa? O guia absolutamente completo.

Várias pessoas se perguntam como abrir uma microempresa, porém muitas ficam só na vontade, não tiram sua ideia do papel. Chegou a hora de agir!

Para começar, vamos diferenciar o conceito de MEI (microempreendedor individual), microempresa e empresa de pequeno porte.

Microempresa é a modalidade criada pelo governo federal que representa uma empresa de pequena dimensão. Ela conta com 10 empregados no máximo.

O seu proprietário também trabalha para ela em tempo que pode variar entre parcial e integral. E o seu faturamento é de até R$ 360.000,00 anual ou 30.000/mês.

Diferente do MEI que tem seu faturamento até R$ 81.000,00 ao ano. Já a empresa de pequeno porte (EPP) fatura entre R$ 360.000 a R$ 4.800.000.

Vamos ao artigo que eu te explico melhor…O foco dele vai ser sobre as microempresas.

Por que abrir uma microempresa?

Ainda é muito bom empreender no Brasil. Você sabia que no Brasil hoje existem mais de 5 milhões de microempresas?

É… há oportunidade para todas as modalidades de empresas – desde as que estão começando até as que já estão consolidadas e querem melhorar.

Siga lendo nosso artigo que você chegará na seção das vantagens de abrir uma ME.

Regime tributário

Para aprender como abrir uma microempresa você terá que primeiramente saber qual é o regime tributário. No caso das MEs o regime é o Simples Nacional.

O que é o Simples Nacional?

O Simples é uma maneira mais fácil e unificada de recolhimento de impostos em uma única guia.

Esse formato conta com alíquotas progressivas; o que significa que à medida que cresce a base de cálculo, cresce também o percentual da alíquota. Quanto menor o faturamento, menor a alíquota e vice-versa.

Como faço para ingressar no Simples?

Para o ingresso no Simples Nacional é necessário o cumprimento das seguintes condições:

  • enquadrar-se na definição de microempresa ou de empresa de pequeno porte;
  • cumprir os requisitos previstos na legislação; e
  • formalizar a opção pelo Simples Nacional.

Quais tributos estão unificados no SIMPLES?

  • IRPJ
  • CSLL
  • PIS/Pasep
  • Cofins, IPI, ICMS
  • ISS
  • Contribuição para a Seguridade Social destinada à Previdência Social a cargo da pessoa jurídica (CPP);

Enquadramento como ME

As ME possuem 4 categorias que são:

  • Sociedade Simples
  • EIRELI – Empresa Individual de Responsabilidade Limitada
  • Sociedade Empresária
  • Empresário

Vamos saber um pouco mais sobre cada modalidade.

Sociedade Simples

Os gestores fazem suas funções sob a forma de prestação de serviços de natureza pessoal. E isso é um exemplo dos médicos, advogados, dentistas e etc.

Nesse caso é obrigatório a existência de 1 sócio, pelo menos.

Descubra agora como ganhar até R$5000 por mês fazendo bolos no pote! A sua oportunidade de ter um negócio lucrativo, com baixo investimento. Clique aqui!

EIRELI

Essa categoria é formada por apenas o empreendedor, ou seja, não tem sócios.

O patrimônio do empreendedor tem que ser de 100 vezes o salário-mínimo. E prestadoras de serviços, comércio, indústria ou rural podem se enquadrar nessa modalidade.

Sociedade empresária

Aqui um grupo de pessoas se unem por um mesmo ideal que é a atividade econômica organizada.

Pode ser tanto uma sociedade limitada ou ainda anônima.

Empresário

Empreendedores que têm firma individual se enquadram aqui. Outro ponto importante a mencionar é que esse modelo é um dos mais simples e um exemplo dessa modalidade são os pintores, encanadores e etc.

Faturamento de uma ME

O limite de receita bruta por estabelecimento deve ser de R$ 360.000,00 ao ano com uma média de faturamento mensal de R$ 30.000,00.

Por que devo saber disso?

Porque a receita bruta é o principal requisito para uma empresa ser enquadrada como ME.

Neste tipo de categoria, é necessário que se tenha um contador envolvido.

Quer um exemplo de ME?

  • Padarias
  • Mercados
  • Lojas de roupas em geral
  • E demais negócios pequenos.

Diferença entre ME e EPP

Para saber mais como abrir uma microempresa você terá que saber o que também significa uma EPP – empresa de pequeno porte.

A diferença primária consiste no faturamento que vai de R$ 360 mil até R$ 4,8 milhões (EPPs).

Se você é microempresa e ultrapassar o limite de R$360 mil ao ano, você automaticamente é desenquadrado como ME e passará a ser EPP.

Vantagens de se abrir uma ME

Muitas são as vantagens em se ter uma ME. Vamos citar algumas:

  • Menos burocracia pelo regime tributário Simples.
  • Possibilidade de participar de licitações com grande vantagem (nas licitações públicas será assegurada, como critério de desempate, preferência de contratação para as microempresas e empresas de pequeno porte)
  • Menos capital inicial para o investimento.
  • Maior proximidade entre seus funcionários e clientes

O que eu preciso para abrir minha ME?

  1. Separe seu RG e CPF e comprovante de residência.
  2. Separe também seu título de eleitor.
  3. Comprovante do local onde estará situada sua empresa, caso não seja o local de sua residência.
  4. Última declaração de IR.
  5. Nome fantasia da empresa.
  6. Atividades executadas por ela.
  7. Certidão de casamento.
  8. Cópia do IPTU.

E agora? Como abrir uma microempresa?

O primeiro passo é se dirigir à Junta Comercial do seu Estado (levando contrato social, documentos pessoais dos sócios)

Então, você terá que cadastrar o CNPJ na Receita Federal.

Se sua empresa for de prestação de serviço, é necessário registro na Prefeitura. Alguns estados já fazem este registro automaticamente, após o registro na junta comercial.

Caso seja de produção de bens ou venda de mercadorias, é necessário o registro na Secretaria de Fazenda o Estado. Um contador é obrigatório neste processo. Procure um da sua confiança.

E então? Vale a pena abrir uma Microempresa?

Considerações Finais

Na minha opinião, abrir uma microempresa é vantajoso. Você terá menos burocracia, pois os procedimentos tanto para abrir ou fechar este tipo de empresas são mais simples.

Outra vantagem é a possibilidade de menor tributação em relação a outros regimes tributários. Além disso, o microempresário pagará todos os tributos unificados em uma única guia e terá vantagens em licitações públicas.

Gostou do artigo? Então compartilha nas suas redes sociais para que seus amigos possam ter acesso também.

 

 Dica Final: ganhando dinheiro online.

Vou indicar o treinamento que eu adquiri para ganhar dinheiro na internet, sem sair de casa. Ele é completo e ensina o aluno passo a passo do inicio ao fim como montar um negocio na internet altamente rentável, escalável e multiplicável. São 18 módulos com quase 200 aulas, compostas por vídeos, textos, mapas mentais e checklists.

Clique na imagem abaixo para saber mais. Você pode experimentar por trinta dias e, se não gostar, o dinheiro é devolvido sem burocracia.

Tags: | | | |

3 Comentários


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.